O Messias Prometido – O Reformador desta Era

alislam
Por alislam Julho 10, 2015 20:00

O Messias Prometido – O Reformador desta Era

O Messias Prometido (Que a paz esteja com ele)

O Reformador desta Era

Por que motivo o mundo precisa de um Reformador?

Ao longo da história, Allah (termo Árabe para Deus Único) guiou a humanidade através dos Seus profetas. Alguns profetas trouxeram novas leis e ensinamentos enquanto outros profetas seguiram e trouxeram de volta os primórdios ensinamentos ao remover as conceções e interpretações erradas que surgiram ao longo do tempo.

O Islão proclama ser a religião completa e definitiva para a humanidade, tendo o Sagrado Al-Corão como a Escritura Divina definitiva. Contudo, isso não quer dizer que a humanidade também alcançou uma fase de perfeição   sem necessidade de outros reformadores.

Tal como os seguidores de outras religiões anteriores a eles, os seguidores do Islão também se afastaram da mensagem Divina. Portanto, era lógico que Allah enviasse um profeta para esta época também para guiar a humanidade de volta aos verdadeiros ensinamentos do Islão.

Ao rejuvenescer os ensinamentos do Islão em vez de lhes acrescentar, o profeta seria subordinado ao Profeta Muhammad (que a paz e bênçãos de Allah estejam com ele), o profeta do Islão.

O Reformador apenas para os Muçulmanos?

As profecias relativas ao advento de um reformador deste género não são únicas para o Islão. Outras religiões Divinas também profetizaram a aparição de tal reformador nos últimos dias. No entanto, uma multidão de reformadores iria criar a confusão. O prevalecimento da verdadeira paz significa que todas as profecias relativas ao advento de um único reformador iriam unir a humanidade sob uma única mensagem de paz.

A recuperação da paz seria feita através da recuperação do Islão uma vez que os seus ensinamentos são eternos e intemporais, ao mesmo tempo que abrangem de forma única a verdade de todas as religiões anteriores. Não só o reformador seria com certeza aquele aguardado pelos Muçulmanos, como seria também o reformador aguardado pelos seguidores de outras religiões.

Hadrat Mirza Ghulam Ahmad (1835-1908) reivindicou, sob orientação Divina, que era o reformador prometido para os últimos dias em cumprimento das profecias relativas ao Messias Prometido e ao Imam Al-Mahdi (isto é, o Líder Guiado profetizado no Islão). O seu advento cumpriu as profecias relativas à segunda vinda espiritual do Sagrado Profeta do Islão (que a paz e bênçãos de Allah estejam com ele) assim como a segunda vinda de Jesus, Krishna, Buddha (que a paz esteja com eles todos) e os outros profetas de Allah.

A Vida Dele

O Messias Prometido (que a paz esteja com ele) nasceu no seio de uma família nobre em Qadian, na Índia.

Desde cedo demonstrou um vivo interesse na religião. Era também conhecido pela sua honestidade, compaixão e determinação. À medida que o tempo passou o seu conhecimento e entendimento da religião e a sua aplicação à sociedade tornaram-se mais profundos.

Enquanto Muçulmano acreditava que todas as religiões eram verdadeiras na sua fonte, tentou sempre proteger a dignidade de todas as religiões e dos seus profetas.

A sua defesa sincera da religião foi finalmente abençoada por Allah e recebeu a revelação da sua designação por Allah em 1882. Continuou a receber a bênção da revelação ao longo da sua vida e em 1889, sob orientação Divina, fundou a Comunidade Islâmica Ahmadia. Afirmou ser o Messias Prometido por quem os seguidores de todas as religiões aguardavam (e o Imam Al-Mahdi no Islão). Desde a sua fundação, a comunidade tem vindo a promover a mensagem pacífica do Islão pelo mundo.

Os Seus Trabalhos

O Messias Prometido (que a paz esteja com ele) era um escritor respeitado e escreveu mais de oitenta livros sobre diferentes assuntos religiosos. Através da lógica que apela à mente moderna, deu uma explicação abrangente dos ensinamentos religiosos e verdades espirituais e os seus escritos sobre o Islão e sua relevância para os tempos atuais atribuíram-lhe uma ampla aclamação.

Os seus trabalhos académicos incluem A Filosofia dos Ensinamentos do Islão – sobre os estados físico, moral e espiritual do homem e a vida após a morte, e Jesus na Índia, uma obra fascinante que desvenda provas extraordinárias da viagem de Jesus à Índia – um relato histórico que foi corroborado por. provas subsequentes e investigação independente.

Enquanto seguidor e subordinado do Sagrado Profeta do Islão (que a paz e bênçãos de Allah estejam com ele), o Messias Prometido era um mensageiro da paz. Tentou restaurar a filosofia pacífica do Islão em todos os aspetos da paz. Por exemplo, realçou que o Islão rejeitou a violência, encorajou a aprendizagem e motivou a evolução pessoal. As suas obras lançaram a base da paz mundial e deu ênfase à necessidade de reavivar o espírito da humanidade que nasceu do amor de Allah.

“Farei Com Que a Tua Mensagem Chegue a Todos os Cantos da Terra”

Esta promessa Divina foi revelada ao Messias Prometido (que a paz esteja com ele) garantindo-lhe o sucesso da sua missão. Esta foi cumprida de várias maneiras – a comunidade está atualmente estabelecida em todo o mundo e através do seu canal de televisão por satélite MTA International (Sky 787) transmite a mensagem pacífica do Islão. A comunidade traduziu ainda o Sagrado Al-Corão para 67 línguas de forma a que as pessoas pudessem beneficiar dos seus ensinamentos.

O Seu Sucesso

Nas suas inúmeras profecias, o Messias Prometido (que a paz esteja com ele) também previu a expansão fenomenal da comunidade. De 1889 até ao seu falecimento em 1908 dezenas de milhares de pessoas aceitaram-no. Esta bênção de expansão continuou através dos seus Califas (sucessores espirituais).

Atualmente, sob o quinto sucessor, a comunidade representa uma verdadeira comunidade global com dezenas de milhões de membros espalhados em mais de 200 países.

“Vim apenas para plantar a semente, que foi semeada pela minha mão. Agora vai crescer e dar frutos e ninguém poderá impedi-la de crescer”.

(Profecia do Messias Prometido, que a paz esteja com ele, sobre o sucesso do ressurgimento pacífico do Islão)

Citações Selecionadas do Messias Prometido (que a paz esteja com ele)

Amor de Deus

“O nosso paraíso está no nosso Deus. O nosso maior prazer está no nosso Deus, pois O vimos e encontrámos toda a beleza nEle”.

(Kashti Nuh, pág. 21-22, Ruhani Khazain Vol. 19)

Compaixão pela Humanidade

“Anuncio a todos os Muçulmanos, Cristãos, Hindus e Aryas que não tenho inimigos no mundo. Amo a humanidade como uma mãe compassiva ama os filhos – talvez até mais. Sou apenas inimigo das falsas doutrinas que matam a verdade. A compaixão humana é o meu dever.”

(Siraje Muneer, pág. 28, Ruhani Khazain, Vol. 12)

Respeito por todos os Profetas

“…acreditar na verdade de todos os profetas de onde quer que tenham aparecido; na Índia, Pérsia ou China ou qualquer outro país e para quem Deus encheu o coração de milhões    de pessoas com reverência e  profundo respeito e fez com que as suas religiões ficassem firmemente enraizadas”.

(Ruhani Khazain, Vol. 12: Tofah Qaisaria, pág. 59)

Bondade e Humanidade

“O princípio ao qual aderimos é que temos bondade no nosso coração para toda a humanidade. Se alguém vir a casa de um vizinho Hindu em chamas e se não ajudar a apagar o fogo, declaro com toda a certeza que essa pessoa não pertence a mim. Se algum dos meus seguidores tiver visto alguém tentar matar um Cristão e não fizer nada para o salvar, declaro com toda a clareza que essa pessoa não pertence a nós”.

(Siraje Muneer, pág. 28, Ruhani Khazain, Vol. 12)

Verdade

“Não mateis a verdade ao aderir obstinadamente à injustiça. Aceitai a verdade ainda que a recebais de uma criança”.

(Izala-e-Auham, Pt 2, pág. 550, Ruhani Khazain Vol. 3)

The Review of Religions (Estudo Comparativo das Religiões)

O Messias Prometido (que a paz esteja com ele) escreveu e publicou mais de oitenta livros em Urdu, Árabe e Persa. Em 1902 fundou uma revista em Inglês chamada The Review of Religions – o estudo comparativo das Religiões. Atualmente é uma das revistas religiosas em Inglês mais antiga que fornece uma visão do Islão e das outras fés.

alislam
Por alislam Julho 10, 2015 20:00

Sermão de Sexta-Feira do Califa

Vertical Navigation
Vertical Navigation