O Sagrado Profeta Muhammad – O Mensageiro para toda a Humanidade

alislam
Por alislam Julho 10, 2015 20:00

O Sagrado Profeta Muhammad – O Mensageiro para toda a Humanidade

O Sagrado Profeta Muhammad – O Mensageiro para toda a Humanidade

Quem era o Profeta Muhammad? (Que a paz e bênçãos de Allah estejam com ele)

O Sagrado Profeta Muhammad, que a paz e bênçãos de Allah estejam com ele, era o profeta fundador do Islão e aquele a quem a religião final foi revelada por Allah. O profeta nasceu no seio de uma família nobre em 570 d.C. em Meca, na Arábia e era descendente do Profeta Abraão (que a paz esteja com ele). A palavra ‘Muhammad’ significa literalmente ‘louvável’.

A sua vida antes da Missão Profética

O seu pai, Abdullah, faleceu poucos meses antes do seu nascimento, e a sua mãe, Amena, faleceu quando ele tinha apenas seis anos de idade. Muhammadsaw foi então criado pelo seu avô, Abdul-Muttalib, o qual também faleceu dois anos mais tarde. Passou então a ser criado pelo seu tio, Abu-Talib.

Apesar dessas desventuras, Muhammadsaw cresceu e tornou-se um homem honesto, digno, verdadeiro e inteligente. Ajudou ainda o seu tio com o seu comércio, por vezes acompanhando-o nas viagens a outras terras.

Muhammadsaw levou uma vida devota e simples, era bem conhecido pela sua disponibilidade em ajudar os outros. A sua conduta granjeou-lhe os títulos de As-Siddique (que significa ‘o verdadeiro’) e Al-Amin (que significa ‘o confiável’).

Quando chegou à idade de vinte e cinco anos, Muhammadsaw casou com a respeitável viúva chamada Cadija, a qual era quinze anos mais velha do que ele. Ela impressionou-se com o seu caráter nobre de tal forma que colocou à sua disposição a sua fortuna e os seus escravos – os quais Muhammadsaw libertou. O Sagrado Profetasaw distribuiu ainda grande parte da sua riqueza pelos pobres e necessitados.

A caverna de Hir’a, junto a Meca, onde o Sagrado Profeta Muhammadsaw frequentemente meditava e onde recebeu a  sua primeira revelação Corânica.

Revelação

Muhammadsaw costumava passar grande parte do seu tempo em recordação de Allah (termo Árabe para Deus Único). Meditava frequentemente numa caverna chamada Hir’a, localizada a alguns quilómetros de Meca. Com quarenta anos de idade, teve uma visão na qual surgiu o Anjo Gabriel que levou até ele a Primeira Revelação Corânica de Allah, contendo as seguintes palavras:

“Recita tu em nome do teu Senhor que te criou, Criou o Homem de um coágulo de sangue, Recita! Pois o teu Senhor é o mais Nobre, Que ensinou o Homem pela pena, Ensinou ao Homem o que ele não sabia”. (Sagrado Al-Corão, Capítulo 96: Versículo 2-6)

Muhammadsaw ficou tão sobressaltado com esta experiência que correu para casa e contou à sua esposa Cadija (que a paz esteja com ela) o que se havia passado, a qual então o levou ao seu primo Waraqa Bin Naufal, que era um eremita Cristão. Após ouvir o que tinha acontecido, Waraqa disse: “O anjo que desceu sobre ti é, com toda a certeza, o mesmo anjo que anteriormente desceu sobre Moisés.” Ele estava a referir-se à profecia em Deuteronómio 18:18 (“Do meio de seus irmãos lhes suscitarei um profeta semelhante a ti; e porei as minhas palavras na sua boca, e ele lhes falará tudo o que eu lhe ordenar.”) prevendo a chegada de um grande profeta. Isto, de facto, marcou o início da missão de Muhammadsaw como um profeta e mensageiro de Allah.

Os versículos acima mencionados são os primeiros versículos do Sagrado Al-Corão que foram revelados a Muhammadsaw. Durante os 23 anos que se seguiram, todo o Sagrado Al-Corão lhe foi revelado e até este dia o seu texto permanece completamente inalterado.

A sua missão

O Profeta Muhammadsaw pregou a unicidade de Deus. Ele disse que todas as religiões divinas pregavam a mesma mensagem de unicidade de Deus e que para alcançar a paz o homem deve cumprir as suas obrigações para com Deus e a humanidade. Muhammadsaw ajudou os pobres, libertou os escravos, protegeu os fracos contra a exploração e   estabeleceu direitos iguais para as mulheres. Disse aos seus seguidores para serem pacientes durante as dificuldades e para orarem a Allah e depositarem a sua confiança nEle. A sua missão era erradicar o mal e a iniquidade e estabelecer o bem e a piedade no mundo. Por este motivo é que ele é referido no Sagrado Al-Corão como    ‘a misericórdia para toda a humanidade’.

Batalhas e Sucessos

Os idólatras de Meca não ouviam Muhammadsaw e opunham-se a ele de todas as formas. Ele e os seus seguidores foram severamente perseguidos mas suportaram com perseverança e uma paciência exemplar sem retaliarem. Foram sujeitos a todos os tipos de indignidades e os escravos que se tornaram Muçulmanos foram muito maltratados. Após treze anos de perseguição nas mãos dos cidadãos de Meca, Muhammadsaw recebeu instruções de Allah para migrar para Medina, a cerca de 260 milhas a norte de Meca.  No entanto, mesmo lá os cidadãos de Meca não o deixaram em paz. Travaram muitas batalhas contra ele, mas foram derrotados. Muhammadsaw apenas lutou em defesa própria e ao sair vitorioso tratou os inimigos com piedade e perdão.

Al-Masjid al-Nabvi “A Mesquita do Profeta” (imagem na capa e em cima), situada na cidade de Medina. O complexo da mesquita abriga o lugar  de descanso final do Sagrado Profeta (que a paz e bênçãos de Deus estejam com ele). A mesquita é considerada o segundo local mais sagrado do Islão e uma das maiores mesquitas no mundo.

Finalmente Muhammadsaw conquistou Meca de forma pacífica e sem batalhas. Além disso, Muhammadsaw foi extremamente clemente e magnânimo para com os inimigos.

Muhammadsaw convidou o mundo inteiro para se juntar ao Islão, mas também concedeu liberdade a todos para escolherem a própria fé ao abrigo da proteção do Islão.

A vida do Sagrado Profetasaw é de facto notável para um período de sessenta e três anos, toda a gama de experiências humanas parecem ter-se esgotado, da pobreza à riqueza, do fracasso ao sucesso, de uma voz solidária pela justiça e pela paz ao poder inquestionável, da perseguição à autoridade majestosa.

Ele submeteu-se à sua orfandade, passou a ser uma criança adotada amorosa, um comerciante honesto, um marido carinhoso, um pai amável, um vizinho atencioso, um grande guerreiro e general, um juiz justo e legislador, um estadista liberal, um amigo fiel e acima de tudo um profeta e pregador da palavra de Allah.

O Sagrado Profetasaw faleceu em 622 d.C. deixando para trás uma comunidade justa e devota de crentes que deram continuidade à sua missão de espalhar o Islão em todos os cantos do mundo apesar dos grandes obstáculos. Hoje, existem mais de cem mil milhões de Muçulmanos em todo o mundo.

Ditos do Sagrado Profeta (que a paz e bênçãos de Allah estejam com ele)

Igualdade

Todos vós sois iguais. Todos, independentemente da nação ou tribo a que pertençais e qualquer  que seja a posição que possais ter. Ninguém poderá reclamar superioridade sobre outrem. Nenhum Árabe possui superioridade sobre um não-Árabe, nem um não-Árabe sobre um Árabe. Nenhum homem branco é superior a um homem negro, nem um homem negro é superior a um homem branco, mas apenas na medida em que cumpre o seu dever para com Deus e a humanidade, os mais honoráveis entre vós são os mais justos.  (Sermão de Despedida do Sagrado Profetasaw)

Caridade

A caridade é uma obrigação que incumbe a todos os membros do ser humano cada dia em que o sol nasça. Restabelecer a reconciliação justa entre os contestantes é caridade. Ajudar uma pessoa a subir na sua montaria ou ajudá-lo a colocar a sua bagagem nela é caridade. A boa palavra é uma caridade. Cada passo dado em direção à mesquita para salat (oração) é caridade. Remover qualquer coisa da rua que cause incómodo é caridade.  (Bukhari & Muslim)

Adquirir o conhecimento

Adquirir o conhecimento é o dever   de todos os homens e mulheres Muçulmanos. (Ibne Maajah)

Amar o vizinho

Quem acredita em Allah e no Dia do Julgamento não deve causar incómodo ao seu vizinho.  (Bukhari)

Lealdade

A lealdade ao país é a parte da fé. (Sakhavi)

Tratar os outros

Nenhum de vós é um verdadeiro crente a menos que deseje para os outros o que deseja para si mesmo.  (Bukhari)

Honestidade

Afastai-vos do que é dúbio e procurai o que não é dúbio, porque a verdade é confortante e a mentira é inquietante.  (Tirmidhi)

Respeito pelas crianças

Respeitai as vossas crianças e cultivai nelas boas maneiras. (Ibne Maajah)

Gratidão

Aquele que não é grato às pessoas, não é grato a Deus.  (Tirmidhi)

Perdão

Allah honra e eleva aquele que perdoa quaisquer infrações  cometidas contra ele e aquele que não trata o transgressor com arrogância.  (Musnad Ahmad)

alislam
Por alislam Julho 10, 2015 20:00

Sermão de Sexta-Feira do Califa

Vertical Navigation
Vertical Navigation